7.9.16

Escritor participe de nossa publicação anual, a Poesia Revista, lançada na Cidade do Rio de Janeiro.

ConviteEscritor participe de nossa publicação anual, a Poesia Revista, lançada na Cidade do Rio de Janeiro. Em 2017 o evento acontecerá em Ipanema no mês de marco.Escritores nacionais e internacionais podem participar da publicação. Poesia Revista 2017 terá como tema o assunto Meio Ambiente. Seja coautor e participe, acesse o link de inscrição e cadastro. Aguardamos. Estamos lançando o novo edital 2017.A nossa Poesia Revista conta com uma equipe de profissionais qualificados para melhor atendê-los e representar a grande demanda social que hoje a nossa publicação anual de qualidade exige. E para isso, contamos com uma equipe de coparceiros e colaboradores como: Jornalistas, Fotógrafo, Revisora, Colunistas, Analista de informática e Arte diagramador. O nosso grupo trabalha de maneira colaborativa, integrada ao autor, para melhor aprimoramento de nosso produto final, que é a Poesia Revista física e colorida, com seus textos poéticos, matérias e por fim, na apresentação final de uma revista literária e poética.Para inscrição e envio da poesia entre no linkhttps://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfBLkCALc481_RfM3_aZOWIPdHemSyZ_SO3hJh89Svcrb_sYg/viewform?c=0&w=1Gisele LemosEditora com a Chancela Blogtok

6.12.15

Marília Pera, Homenagem: Vida e redescobertas

Marília Pera, Homenagem: Vida e redescobertas  

Marília Marzullo Pêra foi uma atriz, cantora e diretora teatral brasileira. Além de interpretar, Marília cantava, dançava e atuava também como coreógrafa, produtora e diretora de peças e espetáculos musicais

Vida e redescobertas
Um desalinho em meus cabelos
No colo do carinho
Meus amores e rompantes
Desejos e personalidade
Nunca fui de submeter-me!
Sempre tão lúcidamente profissional
Exigente, eloquente, impenetrável no mundo de construção e  personagens
Um amor para acompanhar meu carisma.
Uma flor em cada estreia.
Sou Deusa, humores e reticências...
Falem da luz mais brilhante, nesse Brasil só recebeu conquistas.
Brilha à estrela no céu,
Marília Pera.

Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 2015. Diana Balis.

23.11.15

Acredite em carnavais

Acredite em carnavais

A vida está nos olhares de quem sabe ter o outro por perto.
Não faço novelas da minha vida,
Mas dou trela a um louco que apareceu aqui, vestido de Arlequim. 
Fantasiado e cheio de alegorias,
Se dizendo, amado querubim?
No entanto, eu, deixada ao léu,
Tirei todas as fantasias,
E rasguei o véu.
Desisti de todos os carnavais.

Diana Balis, Rio de Janeiro, 21 de novembro de 2015.

20.11.15

Diana Balis para Cruz e Sousa Poeta Cisne Negro que viveu entre (1861-1898) Homenagem

Diana Balis para Cruz e Sousa Poeta Cisne Negro que viveu entre (1861-1898) Homenagem

a Poeta Cisne Negro que viveu entre (1861-1898) Homenagem
20Nov2015 09:36:22
Publicado por: Diana Balis
Siderações

Para as Estrelas de cristais gelados
As ânsias e os desejos vão subindo,
Galgando azuis e siderais noivados
De nuvens brancas a amplidão vestindo...
Num cortejo de cânticos alados
Os arcanjos, as cítaras ferindo,
Passam, das vestes nos troféus prateados,
As asas de ouro finamente abrindo...
Dos etéreos turíbulos de neve
Claro incenso aromal, límpido e leve,
Ondas nevoentas de Visões levanta...
E as ânsias e os desejos infinitos
Vão com os arcanjos formulando ritos
Da Eternidade que nos Astros canta...
Cruz e Sousa

Considerais o vento
Estrelas luminosas caindo ao mar de lama
O tempo do mal entre os arcanjos desfeitos
No sorriso os desejos de infinitos beijos
Desfeitos, como desalinhas os cabelos
O vento forte abre asas e flutua, rasga o céu
O cometa surge no chão de vaga-lumes
E o suor escaldado desce como o amor, flutuante
Nada como um revolto mar para aplainar com o tempo
Esse amor será infinito
Enquanto as cantigas para ninar os ventos desaparecem entre as nuvens.
Diana Balis, Rio de Janeiro, 20 de novembro de 2015.
Homenagem a Cruz e Sousa, o Poeta Negro que nasce na Cidade Nossa Senhora do Desterro, Florianópolis em 24 de novembro de 1861. 

2a Revista Poesia Legal 2016, Poeta participe seja mais um coautor, inscreva-se!

2a Revista Poesia Legal 2016, Poeta participe seja mais um coautor, inscreva-se!: 2a Revista Poesia Legal 2016, Poeta participe seja mais um coauto

11.11.15

Simpatia é quase amor

Simpatia é quase amor


É rir sem jeito com dor no peito
E viver o amor desfeito
É saber nascer de novo em cada Porto de verbo atracar
É viver em demasia a folia de Reis
E correr de pivetes ao menos uma vez
É comer pão quente em padaria
E tomar café com as empanadas de frango
É ser moleque sem trejeitos
E pintar os canecos
É servir ao Deus todo poderoso
E nunca sem esquecer de agradecer
É a vida viva
E temos que viver
E enquanto a danada "mardita" da bebida nem vier me deter
Serei a estrela brilhante do meu quarto
É onde amargo o acordar
E meu angustiado ser a nadar
É onde o mar, vem do verbo amar.
Diana Balis

22.10.15

Aprecio

Aprecio

Gostava de ouvir o mar ao longe na invasão de Trancoso,
Ouvir o vento forte balançando os coqueiros.
Aprecio o chão de vaga-lumes,  
Era imensa a planície feita de bichos na escuridão da noite que como estrelas cintilavam, onde eu pisava, em Rio Acima...
Sinto o prazer em cavalgar, na Fazenda São João, e de brincar com as crianças, apostar corridas e perder.
Andar de canoa, e subir em árvores sem conseguir descer em Três Corações.
Mirar os alvos imaginários, e dar tiros arremessando bolinhas, em São Tomé das Letras.
Gosto de homens que são tão meninos!
E pergunto por suas mães, sempre tão solícitas, como educar os filhos para serem homens gentis?  
(As mães criam sempre os meninos diferentes de meninas?)
Sentir o frio nem é tão bom, mas me faz viver congelando.
Chover é gostoso, mas viver chorando, não faz bem a ninguém...
Mas lava a alma da poeta, que aprecia a vida além do horizonte de Cidades grandes.

Rio de Janeiro, 22 de outubro de 2015. Diana Balis.

11.10.15

diário dos escritores: A TRANSMISSÃO- CONTO SURREAL

diário dos escritores: A TRANSMISSÃO- CONTO SURREAL: CAPT I   HENRIQUE TECLAVA POR TODA NOITE, NÃO CONSEGUIA DORMIR ESPERAVA UMA RESPOSTA PARA SOLUCIONAR UM MISTÉRIO QUE SURGI...

diário dos escritores: NÓ DE MARINHEIRO* - E outros 'nós'...

diário dos escritores: NÓ DE MARINHEIRO* - E outros 'nós'...: https://www.youtube.com/watch?v=Rovldv67Q1Y PARA OUVIR  MINHA POESIA MUSICADA PELO AMIGO ANAND RAO: (clique no link acima)   Não...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: NÓ DE MARINHEIRO (MUSICADA) REPUBLICADA

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: NÓ DE MARINHEIRO (MUSICADA) REPUBLICADA: Vejam minha poesia NÓ DE MARINHEIRO, musicada pelo amigo Anand Rao! Nó de Marinheiro Não há rosas sem espinhos, Tampouco amores ...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: TATUAGEM - Musicada

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: TATUAGEM - Musicada: Tatuagem Tatuada em teu corpo Face minha, para teu gosto, Atração declarada, Na tua pele marcada. Tatuada no teu corpo, Deixo tam...

3.10.15

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Voo Livre

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Voo Livre: Poesia do grupo no zap: Imaginação Poética VOO LIVRE Eu voei em pensamento. Imaginei uma liberdade nunca conquistada... Sonhei ...

diário dos escritores: Poesia & Conto

diário dos escritores: Poesia & Conto:   Poesia Lua Vermelha, Lua Ardilosa Lua vermelha, de sangue colorida... Lua, ainda assim, minha amiga. Madrinha de todas as horas. Mí...

diário dos escritores: APAGUE A LUZ E VENHA / VIAGEM

diário dos escritores: APAGUE A LUZ E VENHA / VIAGEM:     Apague a Luz, e Venha... Assim colocaremos em prática, nossa imaginação... Não posso esperar mais, me beije, morda meus lábio...

diário dos escritores: O MESTRE CALCETEIRO- MINI CONTO

diário dos escritores: O MESTRE CALCETEIRO- MINI CONTO: O Mestre Calceteiro Dois amigos de longa data, estavam calçando com pedras ricamente moldadas e coloridas, uma praça, para onde foram...

28.9.15

18ª Feira do Livro de Bagé,RS,Dias 7 a 12 de outubro. Confiram a programação teremos Arnaldo Antunes e também,eu.

18ª Feira do Livro de Bagé,RS,Dias 7 a 12 de outubro. Confiram a programação teremos Arnaldo
Antunes e também,eu.


18ª
Feira do Livro de Bagé
Tema:
Ler é
divertido como brincar.
Patrona:
Gladis Deble
Data:
07 a 12 de outubro de 2015.
Local:
Praça da Estação
Horário
de funcionamento: 9h às 21h


PROGRAMAÇÃO
CULTURAL 2015


07
de Outubro de2015


9h
– Abertura Oficial da 18ª Feira do Livro de Bagé. (Palco
Principal)


9:30h
Homenagem à Patrona Gladis Deble promovida pela Associação
Bageense de escritores Independentes. (Palco Principal)


10h
Apresentação do projeto Rodarte: Dança Alegria e Cor. (Palco
Principal)


10:30h
Apresentação da ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PROFESSOR
JUSTINO QUINTANA com o Teatro de Bonecos.


14h
Oficina Infantil com a Escritora Greice Martins, baseada da sua
recente obra
"Fábulas
Gaúchas”. (Espaço Carlos Urbim)


14:30h
Contação de histórias da Turma do Milê, projeto Escola Arnaldo
Faria.
(Palco
Principal)


15h
Apresentação da Banda Fanfarra da EMEF Dr. Darcy Azambuja.
(Palco
Principal)


15:15h
Apresentação de Percussão da EMEF Creusa Brito Giorgis.
(Palco
Principal)


15:30h
Apresentação
da ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PROFESSOR JUSTINO QUINTANA
com o Teatro de Bonecos.


16h
Projeto: “CURTA LITERATURA”, espaço de projeção de curtas
metragens de animação dirigido ao público infanto-juvenil e
estudantes em geral, com repertório de filmes incluídos em edições
do DIA (Dia Internacional de Animação, promovido no Brasil pela
ABCA). Coordenação: Sávio Machado. (Palco Principal)


17h
Café com a Patrona. (
Espaço
Carlos Urbim)


18h
Lançamento Literário: “Dando Pinta” de Almir Dias da Silva.
(Espaço
Carlos Urbim)


19h
1º Ciclo de cinema universitário da Urcamp na Feira do Livro.
Coordenação: Glauber Pereira. (Palco Principal)


19h
- "A criança, a psicanálise e a leitura”, palestrante
Christian Guimarães Severo (URCAMP) com

coordenação da Professora Ada Maria Machado Guimarães.
Local:
Sala de Multimeios do SESC. (Avenida Barão do Triunfo, nº

1280)


20h
Apresentação Musical – Banda Mr. Joey.
(Palco
Principal)




08
de Outubro de 2015


9:30h
Apresentação do projeto Rodarte: Artes Circenses (Professor
Borges).
(Palco
Principal)


10h
– Apresentação do teatro ”
Papelito,
em busca da boa leitura”. (Palco Principal)


14h
– Encontro Ilustrado com a Papescu, com a escritora Monika Papescu
– Projeto Sesc Mais Leitura. (Palco Principal)


15h
– Apresentação do Projeto Rodarte: Bailando La Salsa.
(Palco
Principal)


15h15min
Apresentação do teatro ”
Papelito,
em busca da boa leitura”. (Palco Principal)


16h
Projeto: “CURTA LITERATURA”, espaço de projeção de curtas
metragens de animação dirigido ao público infanto-juvenil e
estudantes em geral, com repertório de filmes incluídos em edições
do DIA (Dia Internacional de Animação, promovido no Brasil pela
ABCA). Coordenação: Sávio Machado. (Palco Principal)


17h
Café com a Patrona. (
Espaço
Carlos Urbim)


18h
Lançamento Literário Antologia Cultura Sul 2015. (Espaço Carlos
Urbim)


19h
1º Ciclo de cinema universitário da Urcamp na Feira do Livro.
Coordenação: Glauber Pereira. (Palco Principal)


19h
Um
Diálogo de Direito com a Comunidade III , tema: "A IMPORTÂNCIA
DA CRIAÇÃO DE LEI QUE DETERMINE OS PROVEDORES, E LOCAIS PÚBLICOS,
DE ACESSO À INTERNET A MANTEREM EM SEUS BANCOS DE DADOS, POR 5 ANOS,
ARQUIVOS COM IDENTIFICAÇÃO E ATIVIDADE DE SEUS USUÁRIOS"
,
abordagem do advogado Klauss Jacinto Pereira Filho (egresso da
URCAMP/Direito/Bagé).
Coordenação:
Profª Ada Maria Machado Guimarães e Dr. Heron Vaz (Curso de
Direito/URCAMP).
Local:
Sala de Multimeios do SESC. (Avenida Barão do Triunfo, nº

1280)


19:30h

Lançamento Literário: “Histórias que a vida me contou” de
Nilton Jobim Porcelis Matos. (
Espaço
Carlos Urbim)


20h
Bate Papo com o Poeta, músico e compositor
Arnaldo
Antunes

- Poeta, cantor e compositor, nasceu em São Paulo em 1960. Integrou
o grupo Titãs, com o qual gravou sete discos. Em carreira solo desde
1992, já lançou os discos Nome, Ninguém, O Silêncio, Um Som, O
Corpo (trilha para espetáculo de dança do Grupo Corpo), Paradeiro,
Saiba, Qualquer, Ao Vivo no Estúdio, IêIêIêe, Ao Vivo Lá em
Casa, A Curva da Cintura, Acústico MTV e Disco, além de Tribalistas
(com Marisa Monte e Carlinhos Brown). Tem vários livros publicados
no Brasil (entre eles Psia, Tudos, As Coisas, 2 ou + Corpos no Mesmo
Espaço, 40 Escritos, Como É Que Chama o Nome Disso e N. D. A., na
Espanha (Doble Duplo) e em Portugal (Antologia).




09
de Outubro de 2015


9h
– Encontro Ilustrado com a Papescu, com a escritora Monika Papescu
– Projeto Sesc Mais Leitura. (Palco Principal)


10h
Apresentação do teatro ”
Papelito,
em busca da boa leitura”.
(Palco
Principal)


14h
Encontro Ilustrado com a Papescu, com a escritora Monika Papescu –
Projeto Sesc Mais Leitura. (Palco Principal)


14:30h
O Verso e o Reverso de Ernesto: Poema “Panelinha do Candal”, em
tributo ao escritor Ernesto Wayne.
Criação:
Alunos da E.M.E.F São Benedito, direção: Sávio Machado. (Espaço
Carlos Urbim)


15h
Apresentação do projeto Rodarte: Artes Circenses (Professor
Fabiano). (Palco Principal)


15:15h
Apresentação projeto Rodarte: Mágica. (Palco Principal)


15:30h
Apresentação projeto Rodarte: Percussão. (Palco Principal)


16h
Projeto: “CURTA LITERATURA”, espaço de projeção de curtas
metragens de animação dirigido ao público infanto-juvenil e
estudantes em geral, com repertório de filmes incluídos em edições
do DIA (Dia Internacional de Animação, promovido no Brasil pela
ABCA). Coordenação: Sávio Machado. (Palco Principal)
17h
Café com a Patrona e Sarau com a poeta carioca Gisele Sant’ana
Lemos. (Espaço Carlos Urbim)


18h
Lançamento Literário: “Raízes ao vento”, de Särita Bárros, e
“Vó Sonha”, de Sonia Alcalde. Bate papo com as autoras e sessão
de autógrafos. (Espaço Carlos Urbim)


19h
1º Ciclo de cinema universitário da Urcamp na Feira do Livro.
Coordenação: Glauber Pereira. (Palco Principal)


19h
"Oficina
de Literatura Infantil: construindo histórias e jogos de linguagem
das inteligências múltiplas", acadêmicas da URCAMP,
coordenação
Profª Ada Maria Machado Guimarães.
Local:
Sala de Multimeios do SESC. (Avenida Barão do Triunfo, nº

1280)


19:30h
Lançamento Literário do livro “Colorindo Bagé”, de Stela
Vasconcellos. (Espaço Carlos Urbim)


20h
Apresentação Musical – O Samba, a Bossa e as Novas. (Palco
Principal)






10
de Outubro de 2015


10:30h
Hora do Conto Biblioteca Sesc/Bagé. (Palco Principal)


14h
às 17h União das Artes - Oficinas envolvendo Arteterapia e ABEI
(Associação Bageense de Escritores Independente), ministrada por
Marilene Azevedo, Gladis Deble e Maria do Carmo Martins Marques.
(Espaço Carlos Urbim)


15h
Contação de Histórias com a poetisa carioca Gisele Sant’ana
Lemos. (Palco Principal)


16h
Apresentação Musical, com Samuel Sodré, para Maturidade Ativa:
show interativo, onde público viajará em uma bela aventura musical,
que tem como objetivo elevar a autoestima, a inclusão social, o
movimento corporal físico e mental e acima de tudo a convivência em
grupo e a felicidade. (Palco Principal)


17h
Lançamento Literário: "O homem e seus demônios", de
Fernando Risch. (Espaço Carlos Urbim)

17:30h
Apresentação do espetáculo “Os Saltimbancos” com a Cia
Parceiros de Teatro. (Palco Principal)


19h
Lançamento Literário: “OS Guinle: a história de uma dinastia”
de Clovis Bulcão. (Espaço Carlos Urbim)


19h
1º Ciclo de cinema universitário da Urcamp na Feira do Livro.
Coordenação: Glauber Pereira. (Palco Principal)


20h
Apresentação Musical – Daniel Romero e Banda. (Palco Principal)




11
de Outubro de 2015


14h
às 17h União das Artes - Oficinas envolvendo Arteterapia e ABEI
(Associação Bageense de Escritores Independente), ministrada por
Marilene Azevedo, Gladis Deble e Maria do Carmo Martins Marques.
(Espaço Carlos Urbim)


16h
Oficinas com País & Filhos, com dinâmicas criativas
intercalando com as histórias infantis, com a poetisa carioca Gisele
Sant’ana Lemos.
(Palco
Principal)


17h
Apresentação do espetáculo “O casamento da dona Baratinha” com
a Cia Parceiros de Teatro.
(Palco
Principal)


18h
Lançamento Literário “Narradores de Bagé”, autores: alunos do
IFSul Bagé. (Espaço Carlos Urbim)


18h
Show infantil com Samuel Sodré: poético-musical com contação de
histórias musicadas e atividades lúdicas onde as crianças
participam efetivamente do espetáculo tocando instrumentos
confeccionados com sucata, cantando, representando e principalmente
aprendendo a redescobrir a magia das histórias, tendo a música como
trilha sonora.
(Palco
Principal)


19h
Divulgação de resultados e premiação do Concurso de Poesia.
(Palco Principal)


19h
Lançamento Literário: “História do Rio Grande do Sul para o
Ensino Fundamental – edição 2015 e Uma Breve História do Forte
de Santa Tecla” de Ivan dos Santos Pinheiro.


20h
Apresentação
Musical – Trio Clave.
(Palco
Principal)




12
de Outubro de 2015




10:30h
Hora do Conto Biblioteca Sesc/Bagé. (Palco Principal)


15h
Exibição do Filme Zarafa, projeto Cine Sesc.
(Palco
Principal)


16h
Literatura de não ficção: como narrar a realidade de forma
literária, com os jornalistas Felipe Laud e Giuliana Bruni. (Espaço
Carlos Urbim)


16:30h
Hora do Conto Biblioteca Sesc/Bagé. (Palco Principal)


17h
Apresentação do projeto Rodarte: Dança Mimes. (Palco Principal)


17:15h
Apresentação do projeto Rodarte: Dança Urbana. (Palco Principal)


17:30h
Apresentação da do projeto Fábrica de Gaiteiros. (Palco Principal)


18h
Lançamento Literário "A Rainha da Fronteira - Fragmentos sobre
a história de Bagé", dos autores Cássio Gomes Lopes e Edgard
Lopes Lucas. (Espaço Carlos Urbim)


18h
Show de Encerramento da 18ª Feira do Livro de Bagé com o Show PIÁ
do Grupo Sonido Del Alma Gaucha. (Palco Principal)








Programação
Fixa
*Estande
SMED:
Demonstração
de Robótica;
Contação
de Histórias;
Exposição
de Poesias das Escolas da Rede Municipal de Ensino.


*Um
Poema em Cada Árvore (Projeto criado e promovido nacionalmente pelo
Instituto PSIA e coordenado pelo seu idealizador, poeta Marcelo
Rocha, na cidade de Governador Valadares, MG, e abrangendo mais de 80
cidades das cinco regiões, simultaneamente. Prêmio Viva Leitura
2011).


*Exposição:
Mostra Mário Quintana


*Concurso
de Poesia
07
e 08 entrega das poesias
09
e 10 julgamento
11
divulgação de resultados


*Planetário
Itinerante Unipampa
Data:
07, 08 e 09 de outubro.
Local:
Praça da Estação
Horário:
9h, 10h, 11h, 14h 15h e 16h.


21.9.15

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Alma de Árvore

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Alma de Árvore: ALMA DE  ÁRVORE (pelo dia de hj) Vida que tem seiva, sangue branco. Corre em veios estreitos. Refresca, enfeita, nutre. Produto d...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: O PAI & O FILHO ( Texto feito para a dinâmica do g...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: O PAI & O FILHO ( Texto feito para a dinâmica do g...: Eu comecei a dinâmica do grupo de Amigos no zap, e hoje eu a  fechei, coma única imagem que ninguém escolheu para falar sobre: O Pai ...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: O PAI & O FILHO ( Texto feito para a dinâmica do g...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: O PAI & O FILHO ( Texto feito para a dinâmica do g...: Eu comecei a dinâmica do grupo de Amigos no zap, e hoje eu a  fechei, coma única imagem que ninguém escolheu para falar sobre: O Pai ...

Oh, Mô! - Frederico Salvo e Fernando Magrão

14.9.15

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: DESEJANDO DESEJOS

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: DESEJANDO DESEJOS: DESEJANDO DESEJOS, QUE POSSA EM MIM, PROPORCIONAR, VOU IMAGINANDO TUDO, QUE PODERIA ME DAR... DIZ VOCÊ, QUE É DEVORADO EM MEU RI...

Et pour ne pas dire que je ne parlais pas de fleurs

Para não dizer que não falei de flores.

Et pour ne pas dire que je ne parlais pas de fleurs
La vie de culte qui valorise la vie.

Inverser les images et voir un monde à l'envers,

Sommes-nous et tant de solitude?

Nous écrou ... (Nós de noz ...)

Un marcheur réfléchissant sur une île déserte ...

Il a tant de trésors, et de l'or caché

Quelle belle vue, il et la vieille mer de briller dans le lointain.

Pas tous aller à l'étranger, et non tout voyage vraiment.

Mais la marche atteint inimaginágeis espaces.

Il se sent prétentieux.

Et pour ne pas dire que je ne parlais pas de fleurs,

Je dédie la journée au silence.


Poésie Diana Balis. Rio de Janeiro, le 14 Septembre 2015.

(Pour dire que je ne je parlais Fleurs, musique Geraldo Vandré)

11.9.15

Je crois en l'amour

Acreditar no amor

Je crois en l'amour
L'amour est révélé comme la pluie qui tombe à Rio

Les changements climatiques et la brise glaciale me condamne

Le cuir reposant sur la ligne, est l'animal mort

Le visage silencieux de désaccords

La vie est révélé entre les entrailles.

Les rides et les gazouillis d'oiseaux,

Ils apparaissent dans la journée où je renouvelle l'espoir.

Je jamais eu le temps d'aller si loin

Et atteindre le plus grand nombre de nuages brisés.

Parmi les eaux abondantes qui pleurent dans ma journée,

La pensée flotte comme bateau de papier.

Un navigateur découvre l'horizon inexistant entre les deux côtés du monde.

Au fond, il est donné de nous deux.

Je vous ici et là.

L'adieu des vagues navires laissera pas revenir et de voir, d'avoir, à jouer.

Je rétréci le coup de sifflet, des bourdonnements,

Parmi les feuilles qui tombent le vent un moment que vous attendez pas à l'horizon touche à sa fin.

Je crois en l'amour, encore .....

Diana Balis, Rio de Janeiro, 11/09/2015.

6.9.15

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Iza, a Cadela Belga

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Iza, a Cadela Belga: O terceiro e último caso, de animais de estimação na família, foi da nossa primeira cadela: Iza                                    ...

19.8.15

Sens

Sentido

Sens
Le plaisir qui fait rage entre les pruneaux couvertures
La force du corps renaît sur matins ensoleillés
Il pleut à l'extérieur ou à l'intérieur?
Un frisson serait exploiter veulent la paix.
La mer avertit que le temps va changer ...
Le journal prend l'ensemble de leurs maisons, une autre journée avec de mauvaises nouvelles?
Les couleurs de l'humeur du matin: soleil ont, a le soleil
Avertit le quiquivi illuminé cette azur effrénée.
Dans le coffre évapore plus souhait ...
Silence sur l'enquête de l'horizon,
Réagissez? Pour quoi?
Rio de Janeiro, le 20 Août 2015 Bonjour, Diana Balis.

9.8.15

6.8.15

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Pensando comigo I & II - REPUBLICADO

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Pensando comigo I & II - REPUBLICADO:   ( I ) *Desejo é como um relâmpago, passa rápido Mas, faz um estrago... *A paixão encanta, muitas vezes faz enlouquecer, o cer...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: SENHOR, NÃO ESQUEÇA A TUA SEMENTINHA...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: SENHOR, NÃO ESQUEÇA A TUA SEMENTINHA...:                 _/\_ SENHOR, NÃO TE ESQUEÇAS DE MIM SEI QUE TANTOS ESTÃO LHE PEDINDO, SEI QUE OS MEUS PROBLEMAS SÃO PEQUENINOS, DIANTE ...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Vasos Se Quebram, Flores Morrem...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: Vasos Se Quebram, Flores Morrem...:                                                           (Imagem de Brent Lynch) Aquele encontro sob a chuva  foi de uma beleza ímpar. ...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: A TECNOLOGIA TOMOU CONTA DE TUDO... UM CORAÇÃO CHO...

NO SOFÁ DO MEU 'LAR', VC E EU, FÁTIMA ABREU: A TECNOLOGIA TOMOU CONTA DE TUDO... UM CORAÇÃO CHO...: REPUBLICADO FOI-SE O TEMPO EM QUE A PROFESSORA MANDAVA ABRIR O LIVRO NA PÁGINA TAL... HOJE EM DIA, A WEB TOMOU CONTA NÃO SE CHAMA ...

4.8.15

10 Edição Carnaval das Culturas, dias 28,29 e 30 de agosto de 2015. Memorial Getúlio Vargas. Flamengo.

10 Edição Carnaval das Culturas, dias 28,29 e 30 de agosto de 2015. Memorial Getúlio Vargas.
Flamengo.
10* Edição do Carnaval das Culturas e a Prefeitura dessa Cidade, e a Prefeitura não contemplou esse projeto cultural. Isso sim, não vem deles a ideia, e sim de rede social, pessoas que fazem pela Cultura Carioca e pela diversidade.

É assim como acabaram com todas as redes socias de certo modo, na Cidade, os movimento de Ruas?? Nem pensar, né?

Só corredores controláveis e túneis sem saídas...
E ainda querem acabar com o Viaduto Paulo de Frontin? Como assim? Cuidado pessoas que moram na  Zona Sul, vocês correm o risco de ficarem ilhados.

É a Cidade Maravilhosa está ficando esquisita...

Voltamos na época de disputas de bairros??? Cidadezinha careta!

É no que se transformou o Rio de Janeiro, a Cidade e suas empresas vinculadas à Prefeitura.... São as que ganham todos os editais e locais de Cultura. E eles não sabem que eu se;  é isso que escutei de uma concorrente ano passado, aos  Espaços Culturais do RJ. Estão até fechando, os que ganham os cocorrentes, embolsam dinheiro e apresentarem pouco trabalho, ganância e cobiça, até nisso o "Sr Malta" atua?

Aliás, nunca vi o Teatro Ziembinski pintado com tão mal gosto, socorro!!!
 Quem conhece o projeto inicial do ator Walmor Chagas (falecido) por ter vivido essa construção, eu tinha dois conhecidos íntimos por lá, este deve estar sobrevoando o local...
Que mais parece ligado as trevas que homenagem ao Rio 450 anos. E a nossa Cidade??? Logo na Tijuca, local e bairro atuante na Cultura Carioca. Olhem Tijucanos da Gema, será que ninguém reparou no mal gosto dessa pintura que fizeram no Ziembinski?!!!!!
Que isso????!Desconjuro.

Diana Balis, o mal gosto de agosto nessa Cidade, vai para a pintura do Teatro Ziembinski. Uma pena, ou uma grande economia de tinta cinza.

23.7.15

Les Indiens du Brésil à Paris, demander de l'aide. Honte !!

Índios brasileiros em Paris, pedem ajuda. Vergonha!!Les Indiens du Brésil à Paris, demander de l'aide. Honte !!
23Jul2015 13:38:18
Posté par: Diana Balis

Les Indiens sont tués, les politiciens sont de connivence avec PT ces décès, presque directement dans MS. La déforestation pour le soja plantation, satisfaire le commerce extérieur et nos frais futur qui vont souffrir des changements climatiques et les Indiens demander SOCORRO et moi aussi. "Meurtres sont perpétrés par des milices privées engagées par les grands propriétaires terriens des plantations de soja et de canne à sucre."

«Les peuples autochtones ont été reçus lundi à l'Elysée, siège de la présidence française, le militant écologiste Nicolas Hulot, l'envoyé spécial de François Hollande pour la protection de la planète et l'après-midi du mercredi étaient l'Assemblée nationale française." Lire ici pour plus d'informations:
http://www.cimi.org.br/site/pt-br/?system=news&conteudo_id=8214&action=read

En AM, la police indienne beat interdisant la pêche sportive sur le territoire de la Torah / Munduruku et moins de 15 ans gardés menottés au soleil pendant des heures. (13 dans le village de Vista Alegre, IT. Manicoré AM.

Plus d'information:
http://www.cimi.org.br/site/pt-br/?system=news&conteudo_id=8214&action=read

Comment comprendre que le monde est une roue intégrée et la nature réagit à desmazelos veulent pas vivre sans eau ou de l'eau recyclée, ici et maintenant il est temps d'arrêter et de réfléchir!

Jour 25 Juillet 2015 est la Journée nationale de mobilisation pour la déforestation zéro. Il est une chance de montrer au gouvernement l'avenir que nous voulons: avec la forêt, l'eau et le climat doux pour tout le monde!

Signez la pétition!




lien:
http://ligadasflorestas.org.br/users/sign_in
post.jpg

Longtemps je l'écoute et je rapport sur ces questions. Il est de la procédure et les attitudes envers les peuples autochtones nationale.

Dans le Mato Grosso do Sul, les Guarani Kaiowá, sont tués et certains membres de la population indigène Guarani-Kaiowá ont été à Paris Valdelice Veron, fille d'un chef Guarani-Kaiowá assassiné par un agriculteur dans 2003denunciar ce qui se passe au Brésil. Même moi, je l'ai vue à São Paulo où le CRP national a déclaré:
"Par décision unanime de tous les Conseils Psychologie système leader Guarani-Kaiowá, Valdelice Veron, a été honoré cette année pour la 2e. Pratiques National Exhibition en psychologie, avec Paulo Freire Award par la lutte pour la garantie de leurs droits. Il faut se rappeler que Valdelice avait son père assassiné par des éleveurs dans la région au cours de litige foncier en 2003. "(photo ci-dessus)

Même ici, dans la ville de Rio de Janeiro, choisissez espérons le meilleur design, les demandes les mieux adaptés à partir Indiens du Maracanã Village, le processus a commencé et comment il sera?

Bonne journée, si nous pouvons dire que, avec un tel manque de soins pour notre planète. Les décisions financières aujourd'hui tourner la roue pour notre avenir.

Laissez le jour de la mobilisation nationale pour la déforestation zéro! Signez la pétition!

Gisele Lemos.

Psychologue.

22.7.15

A vida como uma roda gigante, por vezes embaixo, por vezes em cima.

A vida como uma roda gigante, por vezes embaixo, por vezes em cima.

A vida
como uma roda gigante, por vezes embaixo, por vezes em cima.



Os
relacionamentos humanos estão caminhando com o desenvolvimento
rápido da humanidade, e falso progresso afetivo.

As
grandes mídias, TV e Rádios,e pessoas sem formação ampla, estão
dentro dos meios de comunicação,e estão transformado histórias de
relacionamentos, num circo de horrores.

Outro
dia uma enquete de rádio perguntava a seus ouvintes se uma moça
de 22 anos que apanhava do namorado, estava certo ou errado, ou a amiga deveria contar ou não  a seus pais?

Onde
estão esses pais que deixam uma moça chegar roxa em casa e nada
veem?
Que
amor é esse que malgrada? Pode não!

São
muitas questões afetivas envolvidas nesses assuntos, não pode ser uma
opinião popular singular com alguns telefonemas que simplesmente
resolverão a questão ou só a opinião do próprio radialista. Bem
como acontece na televisão. Um autor não consegue sozinho chegar a
audiência, ele precisa de uma equipe que pensa, analisa e reflete o
texto escrito. Tudo deveria ser feito por grupos.
Eu
acredito que a manipulação da mídia para os números de audiência
e os indicadores do público alvo, deveriam ser reanalisados.

A
imprensa e a televisão por anos nos fizeram engolir informações
desnecessárias e com subterfúgios entranhando nossa "goela abaixo".
Considero que nessa vida as informações tem que ser filtradas e
analisadas em equipes multidisciplinares. Chega do olhar leigo, e
desse olhar só do poder, chega de olhares que não enxergam a nossa
grandeza e só pensam na ganância e dinheiro. Muitos jornalistas já
receberam por tantos anos, para dizerem só aquilo que estão sendo
pagos para dizer.  O controle do poder está ai mesmo, em nossa
televisão. 

Um
absurdo nesses anos e anos,  e ainda continuar dessa forma.

Estou
solicitando mudanças radicais.

Agora
estão pedindo que as pessoas em seus bairros façam matérias, é
claro, com certeza sem ganhar nada por isso, só pela honra de estar
na TV??? Ou no jornal? Mas ao menos é uma iniciativa mais realista e fidedigna da vida.
Um
circo de horrores do século passado, volta em cenas presentes, entre
radialistas e a TV nacional.

Não é
isso que queremos, queremos a verdade de notícias, chega de falso
jornalismo, mesmo que contrariando o maior idealizador dessas falsas
notícias, como diria o "Nélson Rodrigues"
Sou
um suburbano. Acho que a vida é mais profunda depois da praça Saenz
Peña. O único lugar onde ainda há o suicídio por amor, onde ainda
se morre e se mata por amor, é na Zona Norte”.
As
verdades estão aparecendo, as cartas postas nas mesas, vamos
continuar nesse caminho, onde mesmo sendo Ex-Presidente, as verdades
apareçam.
"E
a dívida de imposto, da famosa rede de TV, aos nossos bancos
públicos?? Quem vai investigar?
Bom dia

Diana
Balis. Rio de Janeiro, 2015.