13.11.10

Alma Safada XII,XIII,XIV,XV

Alma Safada XII,XIII,XIV,XV:

Quanto mais dispo você
Mais desorienta meu ser
O corpo segue flutuando de prazer.

Viajou pelo mundo
E atravessou um vespeiro,
Acordei com a maldita dor nas costas.

Veio tão depressa para casa
Que atravessou o tiroteio,
Acordei com dor no peito.

O mundo a seus pés
No sexo carnal
Acordei pelada da viagem astral.

Diana Balis, RJ,13 de novembro de 2010.

Sem comentários:

Enviar um comentário